sábado, 11 de junho de 2011

LEGIÃO DAS ALMAS PEQUENAS X PALESTRAS DE FREI OTAVIO SCHNEIDER (OFM)

O OBJETIVO DO AUTOR COM ESTE  SITE :
MINUTOS DE MEDITAÇÃO . PALESTRAS DE FREI OTAVIO SCHNEIDER
QUE   ESTÁ  INCLUSO  NO SITE:
NA REALIDADE UMA CONTINUAÇÃO  DESTE,
É  FAZER COM QUE MAIS  PESSOAS CONHEÇAM O SANTO QUE FOI ESTE FREI  ALEMÃO,
QUE VIVEU E FALECEU NO BRASIL EM 24 DE ABRIL DE 2002.
E FAZER COM QUE O APOSTOLADO, DO QUAL ELE FOI DIRETOR-ESPIRITUAL E  SEU MAIOR
DIVULGADOR NO BRASIL: “LEGIÃO DAS ALMAS PEQUENAS DO AMOR  MISERICORDIOSO
DE JESUS”,  E O LIVRO QUE FAZ PARTE DESTE APOSTOLADO, QUE CONTÉM INTERLOCUÇÕES
INTERIORES DE JESUS ,COM A MENSAGEIRA BELGA ,“MARGARIDA DE LIEGE”, INTITULADO
“A MENSAGEM   -    DIÁRIO  DE MARGARIDA”,   SEJAM  MAIS CONHECIDOS E  PROPAGADOS

COMO   FOI   E  É  DA  VONTADE  DO PRÓPRIO  JESUS, COMO  PODERÃO CONFIRMAR  NOS ARTIGOS  MAIS  AS   PALESTRAS  DESTE SITE.

BREVE BIOGRAFIA DE FREI OTAVIO SHNEIDER (OFM)




SINTESE  DA  BIOGRAFIA   DE   FREI  OTAVIO  SCHNEIDER  OFM
DIRETOR-ESPIRITUAL  DA  LEGIÃO DAS ALMAS PEQUENAS :


Nasceu em Konnersreuth, Alemanha, em 08 de junho de 1918 e faleceu em 24 de abril de 2002.  Frei Otávio Schneider está sepultado no Convento de Santo Antonio, no Centro , Rio de Janeiro, Brasil.
Em 2012  fará  10 anos de sua partida para o Pai das Misericórdias, como ele costumava dizer.
Foi coberto de misericórdia divina.
Seus pais, Karl Schneider e Magdalena Giehl, tiveram sete filhos: três homens e quatro mulheres. Frei Otávio foi o sexto filho. Seu nome de batismo era Karl, igual ao de seu pai. “Eramos uma família pobre, mas religiosa.”  Uma família que sofreu grande fome e angústias nos anos de 1919 a 1922, como quase todas as famílias de operários naqueles anos.
No ano de 1924 ele passou por uma terrível pneumonia. Tinha seis anos de idade. Desenganado pelos médicos, contava ainda com as lágrimas de sua mãe que, ao lado da cama, aguardava o desenlace. É nesse momento que entra na vida de Frei Otavio uma pessoa que permaneceu em sua mente e em seu coração a vida inteira: a vidente alemã, “Teresa Neumann”, que vivia paralitica numa cama e que mandou um recado à mãe de Karl: “Não morrerá. Será missionário no Brasil e fará um imenso bem a muita gente”. Teresa Neumann recebia mensagens de Jesus  sobre o que estaria reservado para a humanidade, no futuro, se ela não seguisse Seus mandamentos;  e ela tinha o dom de prever o futuro. Frei Otavio , por sua vez, tinha o dom de falar das coisas grandes com humildade no confessionário, e de transmitir serenidade e esperança aos doentes. Nesses dois apostolados foi um grande instrumento de Deus. Era frequente sua presença no Hospital de Ipanema, onde desenvolveu um frutuoso apostolado  entre os pacientes,atingindo familiares, médicos e funcionários. Frei Otavio era admirado pela sua profunda humildade e discrição. Era um verdadeiro homem de Deus, vivia absorvido na oração e dedicado ao anúncio do Evangelho. Era verdadeiramente um místico, um contemplativo.
Padre Paulo Hamuráb, escreveu no jornal” Testemunho de Fé”:     “...Durante a visita que tive o privilégio de fazer-lhe no hospital, me deixou comovido ao declarar-me que já estava no caminho de Deus e queria cumprir plenamente a vontade do Pai. Assim ele estava vivenciando o abandono, a confiança que pregara tanto, como membro e diretor espiritual da Legião das Almas Pequenas”
Muitas pessoas foram convertidas de uma fé fraca e medíocre para uma fé mais forte, firme e madura através do Cristo que Frei Otavio refletia. Refletia o rosto e o olhar de Cristo porque, na verdade, ele era totalmente apaixonado e possuído pelo Espirito de Deus. Ele é um grande modelo para os sacerdotes de hoje. É um grande modelo a ser seguido por todos os sacerdotes, inclusive pelos freis franciscanos , já que Frei O tavio era franciscano!  Rezemos muito para que todos os freis franciscanos, enfim, todos os sacerdotes sejam santos como foi nosso saudoso e estimado Frei Otavio!
Agradeçamos a Deus o privilégio que tivemos de tê-lo em nossa companhia durante
tantos anos; de ter apresentado para nós este Movimeto , de espiritualidade teresiana:
a Legião das Almas Pequenas e a Mensagem,  que têm convertido tantas almas antes desorientadas ou medíocres na fé católica. E especialmente despertado vocações não só  para a vida sacerdotal ou religiosa, mas também despertado vocações para a de  leigos consagrados!  Um sacerdote,e um Movimento como este, que geram  tantos bons frutos para a Igreja Católica Apostolica Romana, só pode ter aí  a Presença Divina!  Quem ainda duvida da veracidade, autenticidade e da Mão de Deus, neste A postolado e nesta Mensagem, e da verdadeira e autentica santidade deste frei franciscano,( O Santo Antonio do século XX, do elitizado Bairro de Ipanema, do Rio de Janeiro ), infelizmente ainda precisa aprender, e muito, a ser humilde e simples como uma criança, como disse Jesus em MT 18,1-4.  Como dizia São João da Cruz : “ A humildade é, entre todas as virtudes, aquela que mais agrada a Deus”. No quarto volume da “Mensagem,” em 26.4.1991, Jesus disse: “A LEGIÃO,será um dia um Capital de AMOR para as VOCAÇÕES.” E assim foi, é e será cada vez mais!!!  Pois a principal missão das almas pequenas é rezar e oferecer pequenos sacrifícios pelo aumento e santificação não apenas dos sacerdotes, religiosas  mas também   de almas /leigos consagrados!!!
Neste BLOG, as pessoas que não tiveram o privilégio de ouvir suas palestras, terão a oportunidade de ler algumas, aqui, selecionadas e sintetizadas. Que Deus toque os corações de quem as ler e se sintam atraídas a conhecer e fazer parte desta Obra Divina -  e a “Mensagem”, também conhecida como “Diário de Margarida” – pseudônimo da mensageira belga, que recebeu interlocuções de Jesus, durante 40 anos e que faleceu no mesmo ano que o Beato João Paulo II – 2005!  Aliás, é notório, que o Papa João Paulo II conheceu a Mensagem e a mensageira,e deu sua aprovação eclesiástica,e era simpatizante e incentivador desta Obra Divina!
Que através destas palestras aqui selecionadas também muitos corações se sintam atraídos a vida consagrada; a vida de serviço a Deus, como sacerdote, freira ou missionário! Inclusive, quem teve o privilegio de ouvi-las ao vivo!...


“...Pois o auge da felicidade é viver na divina amizade.” (Frei Otávio).








LEGIÃO DAS ALMAS PEQUENAS - PEDIDO IMPORTANTE DE JESUS

MENSAGEM DO AMOR MISERICORDIOSO  AS ALMAS PEQUENAS
    PEDIDO IMPORTANTE

Lemos no Evangelho: “Em verdade vos digo, se não vos converterdes e não voltardes a ser como crianças, não entrareis no Reino dos Céus. Todo aquele que se fizer humilde como este menino, esse é o maior no Reino dos Céus” (Mt.18,1-4)
Coube a SANTA TERESINHA redescobrir essa verdade antiga. No fim de sua vida ela fez o seguinte pedido: “Eu vos suplico que baixeis o Vosso olhar divino sobre um grande numero de almas pequenas...”
E Deus ,que escuta os pequenos, fez surgir em nossos dias, um movimento espiritual, universal. Trata-se da Obra intitulada:”Legião das Almas Pequenas do Coração Misericordioso de Jesus”.
Tem aprovação eclesiástica.
Seu Centro Internacional acha-se em Chevremont, na BÉLGICA.
Lemos, JESUS dizer, no” DIARIO DE MARGARIDA”:
“Esta Obra é, de longe, a mais importante. Ela associa as almas à Redenção”.(25.9.71).
“A Mensagem espalhar-se-á pelo mundo, como orvalho da manhã,consolando,guiando e dando novamente a paz às almas angustiadas ”. (12.12.67).
E agora um pedido importante para você:
“SÊ ALMA PEQUENA, E DÁ-ME ALMAS...” (6.5.68).

Para  maiores informações a respeito da”L.A.P” e reuniões mensais:
Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, Rio de JANEIRO –“ PE. JORJÃO”:  
Tel:2523-4543.    E a Sede Central  da” Casa de Santa Teresinha  da Legião das Almas Pequenas” , na Rua Lopes Trovão,nº 108/Casa 1 – ICARAÍ/Niterói/ RJ.   Contactar com” Dr. Luciano Judice”, no tel: 2710-7384.
Sugestão de outro SITE,complemento deste: www.minutosdemeditacao.blogspot.com
Por que o nome MINUTOS DE MEDITAÇÃO?  Este nome foi inspirado num pequenino livro de orações, em alemão, que pertenceu à Frei Otávio, intitulado:”MINUTEN DER SAMMLUNG”, de KLARA BUHLER, de 1959.

ULTIMO RETIRO ESPIRITUAL DE FREI OTAVIO SCHNEIDER-DEZ 2001

PALESTRA   DE FREI OTAVIO SCHNEIDER:
ÚLTIMO RETIRO ESPIRITUAL  ANUAL   -   2001.
Urgencia do assunto:  -  O Santo Padre indiciu a toda a  Igreja como tema principal: a Santidade. Todos  os cristãos deveriam chegar  aperfeição na fé e na caridade. É  uma prioridade pastoral,  e assunto  de grande urgência. Queremos corresponder  ao apelo do Santo Padre, ao começar o Novo Milênio. Devemos estar atualizados. É uma prioridade, isto é, tem que estar em primeiro lugar de nossos esforços pastorais: catequese, nos trabalhos de grupos, e nas demais pastorais paroquiais. A própria experiência nos diz que outros programas, embora  bons e úteis,  não levam  a meta desejada,sem a  preocupação da santidade pessoal.  “Due in Altum”: “Faze-te ao largo”, é o tema , queo Santo Padre nos dá. Pois a tarefa é das mais difíceis, e sem a confiança no Poder de Cristo, seria temerário propor tal ideal. Se confiarmos em nossas próprias forças, deveríamos desistir de antemão. É preciso confiar no Poder da Graça, da Palavra de Jesus que deu  aos Apóstolos uma pesca milagrosa contra toda a expectativa.
Nós, Almas Pequenas, estamos na Escola de Jesus , onde Ele nos ensina uma confiança total em Seu Amor e  em Seu Poder!
O fundamento é o Batismo. O dever de  procurar a santidade vem de nosso Batismo. Não se  trata pois de um ideal aéreo, só  accessível a poucos ou  de uma mentalidade antiquada. No Batismo recebemos a graça da Filiação Divina. Somos uma semente divina, sem merecimento nosso, mas essa semente mais tarde, deve crescer com a nossa cooperação. O  fundamento já foi colocado. Não pode ser melhor e nem mais firme. Fomos selados  com a Santidade de Deus! Preciosos dons! Para corresponder a esta vocação maravilhosa o Bom Pai nos infundiu os  dons preciosos como sendo as Virtudes Teologais: Fé, Esperança e a Caridade. A lém  disso para o amadurecimento perfeito temos os dons do Espirito Santo que devem, crescer e desabrochar. Ajuda constante:  a nossa vida espiritual tem pois, uma base muito segura, nessa base deve ser construído o edifício da perfeição. A nossa vida, mais longa ou não , nos foi dada em vista deste trabalho de construção. É um caminho longo que vamos estudar agora...
A Bondade de Deus sabe de nossa fraqueza e nos acompanha com solicitude! Temos os  Santos Sacramentos:  a Crisma nos dá força para vivermos nossa fé, a Eucaristia nos alimenta constantemente, aumentando nossas forças, a Confissão que repara nossas faltas e quedas.
Não falta nada para andarmos seguros no caminho da perfeição.  Toda vida deve crescer e amadurecer, a vida é algo de dinâmico,não para, sempre tende a crescer até o  ponto exato da  maturação. A Vida Divina em nós deve crescer também. Podemos tirar uma bela comparação da natureza. Vejamos a vida de uma árvore... Lança sua semente na terra, começa a germinar.
A plantinha é ainda tenra, mas cresce constantemente, e o dono  espera dela que dê bons frutos. Isso é normal. Deve ser assim. A nossa vida espiritual deve ser assim. Outra comparação que a vida oferece ... A nossa vida pode ser  comparada a um rio, que  nasce, cresce e procura o mar. O rio nasce com um destino:  o mar. Sem saber ele tende a  isso. Vence os obstáculos, recebe afluentes, fere rochedos,  para chegar ao mar onde pode descansar, cumprir  sua missão.
Convite insistente:   vemos que nossa vida espiritual deve ser uma árvore que produz bons frutos para o Celeiro Eterno,e deve ser como o rio que procura incansavelmente atingir o mar, que é a meta de sua existência.  Somos pois chamados a perfeição, a santidade.
Na “MENSAGEM” lemos convites repetidos: “ Abri os sulcos, semeai as vossas terras, para que produzam santidade ao máximo.”  E ainda: “Pede a santidade que Eu  serei feliz em cumular-te de Meus Dons”.

VIDA PURGATIVA: 
A vida espiritual  é pois o crescimento. Há uma evolução necessária ,como acontece na  vida humana, passa da infância à adolescência , à madura. Assim também na vida espiritual, pode-se distinguir fases de crescimento, análogas `a vida corporal. Há muitos santos  e autores espirituais que falam sobre isso e dão conselhos práticos como se comportar, como evitar atrasos, como colaborar coma graça. Pois muitas pessoas por falta, talvez, de instrução, não se  adiantam na vida interior. Em  geral os autores falam de 3 Fases ou  3 Idades que devem ser percorridas necessariamente, também chamam de 3 Caminhos.
O  CAMINHO DA  PERFEIÇÃO, O CAMINHO DA  ILUMINAÇÃO E O CAMINHO DA UNIÃO.
Há transições  as vezes dolorosas, purificações e provações necessárias! 
Comecemos pela Vida Purgativa:  é o caminho da purificação. É a primeira etapa que se deve percorrer. É o caminho dos principiantes, isto é,  de pessoas resolvidas atrilhar o caminho da perfeição. Supõe um momento de conversão. A alma é tocada pela graça a seguir seriamente a Jesus,renunciou ao pecado e a uma vida cômoda. Na vida dos Santos, houve, certos fatos, que os levaram a uma tal decisão ( São Francisco de Assis e outros).  Pode ser as vezes num Retiro, numa Consagração covicta , POR EXEMPLO, de ser uma ALMA PEQUENA.
O  que se deve fazer?  A resolução firme tem que se concretizar para não se perder no vazio. Será bom  então seguir um certo regulamento dentro do possível e de acordo com os deveres profissionais. É importante deixar certo espaço para a oração. Nessa escolha pode-se pedir também  o conselho do Confessor, pois a essa altura ,convém a alma, tenha um Confessor fixo, ou um Diretor-Espiritual. É bom ver a frequência as missas durante a semana. Esse horário pode ser  flexível, mas  ajuda a não cair no escuro da vida interior. Importante  atender aos seguintes   3 avisos:
1º Oferecimento do Dia, que  para nós ALMAS PEQUENAS é obrigatório.
2º Renovar durante o dia  esse Oferecimento, mediante pequenas Jaculatórias.
3º Marcar um tempo  fixo  para o momento forte de oração.
Deixando fora um desses pontos,  não haverá progresso. Nessa primeira fase já começa a purificação ativa dos sentidos. Pois bem, depressa se notará, que sem uma certa disciplina, sem sacrifícios , sem penitencias,  não dá. Querer ver tudo, falar de tudo, ceder a gula,  a curiosidade,  a não dominar os sentidos, não combina com o desejo de perfeição. O  homem velho que está em nós não quer morrer. Existe constância e generosidade,baseadas sempre na confiança em Jesus.  O Caminho da Perfeição, é antes de tudo, Caminho de Oração!
É na prática constante da oração que, se processa a transformação da alma. O momento de oração deve ser marcado em momento favorável, quando se está mais descansado.  Deve  ser, no começo, de 15 a 30 minutos! Depois pode ser mais. Também esse encontro com Jesus deve ser preparado.  Há também tratados  sobre oração, e as Almas Pequenas têm um a   boa ajuda  no  “Diário de Margarida” – “Mensagem”, onde ela descreve seus encontros na  oração. Pode começar com oração verbal, ladainha, etc;  mas deverá levar a uma  leitura meditada. A oração tabém evolui, aperfeiçoa – da oração verbal passa-se a oração mental ou meditação, aí  toma-se um livro espiritual, por ex,  Biblia, História de uma Alma, e para nós, Almas Pequenas , o livro “MENSAGEM” QUE JESUS CHAMA  “O LIVRO DO SÉCULO” !
Meditar é próprio da alma que quer progredir. Lendo devagar o texto  marcado, passa-se a analisar, refletir, sobre o que se leu. Vamos tirar uma lição prática para a vida , por exemplo: - nossa  caridade, nossa disponibilidade, nossa abertura para Deus e o próximo. Inclui também os pedidos para os nossos amigos, por todas as intenções que nos foram recomendadas.
A ORAÇÃO ALARGA O CORAÇÃO  NA CARIDADE!  Expomos nossas dificuldades a Deus, (pois só Ele tem  e sabe a melhor solução , o melhor remédio), procurando dialogar com Ele em espirito de fé e de confiança. A fidelidade  aí é decisiva!

VIA ILUMINATIVA:
A segunda fase da vida espiritual chama-se Caminho Iluminativo. A alma já adiantou e chega o tempo de crescer mais. A planta deve ser podada para produzir mais frutos.  Ela já praticou a mortificação e a penitencia , já é uma alma que é amorosa. Mas ainda tem defeitos que ficam no fundo da alma. É uma ferrugem que  não se pode tirar só passando um pano!  Requer um tratamento mais enérgico, que só Deus através do Espirito Santo, pode dar. A alma deve aceitar  essa purificação passiva. A alma crescerá na fé  que começa a iluminar sua vida. Ela vê melhor a sua miséria, as suas faltas, seus pecados, as suas más inclinações, que não consegue tirar sozinha ( os Santos passaram por isso também, ninguém já nasce santo, mas se esforça por ser, com a ajuda da Graça Divina) . A alma já tentou sozinha, se esforçou , mas parece  chegar a um limite! Deve estender as  mãos  para Aquele que salva. A alma é  iluminada a respeito de Deus. Vê melhor a Sua absoluta Realeza e a Sua Santidade – sente o grande contraste entre ela e Deus. Surgem as tentações contra a fé e a esperança. Parece  que nunca conseguirá chegar a meta. O inimigo aproveita a ocasião para tenta-la de várias formas, contra as diversas vontades.
São João da Cruz deu o nome de” NOITE”,” NOITE ESCURA”, a essa situação, pois  a alma não enxerga mais direito,não percebe mais o calor e a luz do sol.  Deve rezar como o Salmista:”Das profundezas clamo a Vós...(sl  50)”, pois junto a Deus existe copiosa redenção!.. Assim a alma é purificada pelos sentidos e pelo espirito. A alma percebe dolorosamente essa ação pela aridez, secura.  Já tem uma vida de oração. Foi fiel ao encontro marcado com Jesus , e em  geral, a alma começa a sentir muito gosto  na oração, que consolo, já notou o quanto Deus é Bom e  sabe agraciar as almas generosas. Todavia a  oração dos principiantes ainda tem muito de imperfeito.  É uma oração apoiada no sentido e muito concentrada ainda  no “eu” – reza-se porque se sente bem. Mas deve chegar a rezar para que Deus se sinta bem, embora a alma não perceba  mais o consolo sensível! É preciso muita coragem  e confiança. Pois corre-se o risco de voltar atrás, pensando que uma oração assim , sêca, não tenha valor. A alma pode pensar: “É melhor trabalhar, fazer apostolado, do que perder tempo numa oração árida!”
É UM ENGANO PERIGOSO!
Pode  estragar o ideal da perfeição.
O que se deve então fazer?  É preciso lembrar que essa aridez não é voluntária. É uma provação necessária  pela qual todos devem passar para chegar a perfeição. Não se deve deixar  a hora marcada para a oração. Quando se sente cansada, fria, incapaz de formular uma boa oração, é bom ter um livro a mão, por exemplo  a “MENSAGEM” OU O “VOCABULÁRIO DAS ALMAS PEQUENINAS”.  Se lê um pouco  e procura oferecer tudo a Jesus!  Nos diversos volumes da “Mensagem” podemos ver  como “Margarida” enfrentou essas dificuldades, como ela aguentou e Jesus a ajudou.

VIA  UNITIVA:
Chegamos agora na 3ª fase da vida espiritual: Via Unitiva.
Tudo tendia para isso. O atrativo que a alma sentia  no inicio , a luta que suportou, tudo foi em vista de conquistar a graça da união transformante. O rio quer chegar ao mar para nele se perder. Foi seu destino e sua razão de ser.  A alma que quer chegar ao Oceano Divino do Amor, tem que  ai se afogar para viver sempre no Amor.  Ela poderá dizer: “ Achei  A quele que ama a minha alma, nunca mais O deixarei”. Poderá dizer como São Paulo:” Já não sou  eu mais que vivo , mas Cristo que vive em mim”. A oração torna-se  contemplativa, sua meta é para todos!
Infelizmente nem todos chegam a isso. Há também graus diferentes. São João da Cruz  descreveu este estado como  sendo já  o Céu antecipado. Ele deve ter conhecido almas assim.
Aí, tudo é paz, acabou a luta , nada de perturbação!...  A CHAMA VIVA DO AMOR  age no  coração e prepara delicias inefáveis . Há uma forma mais simples, sem arroubos , mas também leva a alma a união plena com Cristo,  é uma conformidade total com Ele , um abandono filial em tudo. Ficam ainda porém, sofrimentos, como em “MARGARIDA”, por designios de Deus.
A Graça se adapta a todos!  E os pequenos recebem tudo o que lhes convém.  No Céu há flores vistosas mas também margaridinhas simples, que encantam o Divino Jardineiro, como Jesus explica na “MENSAGEM”.  Não se deve procurar coisas extraordinárias na vida espiritual!
UNIÃO TRANSFORMANTE – A alma vive normalmente em estado de graça, em união com Deus. A união porém , torna-se  consciente. Jesus torna-se  companheiro inseparável! Até usa essa comparação do desponsório, do matrimonio. São comparações muito expressivas.  Pois o matrimonio é indissolúvel e a alma agora não mais se separará de JESUS.   São João da Cruz diz que neste estado a alma não comete mais pecado grave. A té o pecado venial deliberado, torna-se muito raro. A alma vive no Amor e repete esse Amor em atos contínuos.
Diz a “MENSAGEM” :  “Vive na pura Luz, incessantemente  renovada do Meu Divino Amor.”
Chama-se transformante essa união, porque a alma agora mudou de lagarta para borboleta. Ela foi purificada, como ouro no cadinho, e até as tendências para o pecado, inclinações para o mal, foram tiradas. A s virtudes agora praticadas são as de uma alma purificada. A ferrugem saiu do fundo da alma. Chegou pois a alma  ao alto grau de santidade, pois Deus a purificou  para prepara-la para as núpcias eternas.  S e Deus é a pureza e a santidade  , é lógico que,  Ele só pode admitir no Seu Reino quem for completamente purificado do pecado! Essa purificação tem que se fazer aqui , na Via Purgativa, ou então, no Purgatório que é mais doloroso!  Assim devemos  aspirar a essas alturas – atendendo a esta vontade de Deus que nos quer ver perfeitos, como Ele mesmo é.
Mas, como Almas Pequenas,  deixemo-nos guiar  por Jesus, sem muito olhar para nós e para a nossa perfeição.
Poderíamos perguntar agora: “Por que falam tanto destas coisas, não seria melhor trabalhar, fazer apostolado?    A resposta é simples.  SÓ SE PODE FAZER O BEM QUANDO UNIDOS A CRISTO!!!   Jesus  mesmo diz:  “SEM MIM, NADA PODEIS FAZER.”  -   “QUEM PERMANECE EM MIM E EU NELE, ESSE PRODUZ MUITOS FRUTOS”
QUANTO MAIS UNIDAS  A JESUS , MAIS ALMAS SALVAREMOS!!!
Por isso Jesus nos diz, na “MENSAGEM”: “ Com vocês, Almas Pequenas, quero salvar o mundo.”
Quando unimos nossa fraqueza , o nosso nada a Jesus,  a Sua Onipotencia,  poderemos fazer algo de grande!  Sem Ele nada feito! Seria um  grande passo fora do caminho!
Para tirar toda a dúvida, toda objeção, citaremos as Palavras de Jesus na  “Mensagem” de  4.11.95: “Meus filhos, entrai em Mim desde já e vós ficareis, não somente, mais perto de Mim, mas inteiramente em Mim, até a imersão total  da  Minha Divindade em  vossas almas.”  -  “Deixai-Me agir no segredo de vossos corações.”
O que importa é a confiança e o abandono nas Mãos de Jesus. Esse é o segredo da santidade que Santa Teresinha  quis lembrar ao mundo de hoje. Ela nos diz, “para subir devemos tomar o elevador , que são os braços de Jesus.”  Sozinhos jamais poderíamos  escalar a Montanha Sagrada da Perfeição. Com Jesus tudo é possível. Santa Teresinha nos encoraja dizendo : “Jamais se tem  confiança demasiada em Deus-tão Bom.”
Por isso o Santo Padre nos propõe  este lema para o nosso tempo. Uma mudança está acontecendo na alma, ela não percebe que está numa “noite espiritual”, que não lhe permite ver claramente.
A própria natureza nos oferece um belo exemplo de uma mudança para melhor.  O bicho da sêda -  no começo é uma lagarta feia e prêsa a terra.  Parece que  quer comer sem parar.  A té que um dia acontece  que a lagarta  parece desgostosa  com esta vida e começa a tecer em torno de seu casulo e o prende ao galho. Até fica enclausurada  e parece morta. Ninguém mais vê que é uma lagarta. É o símbolo da mudança, da purificação.  Noutra fase deste processo tem um desfecho maravilhoso. Certo dia o casulo começa a mexer,  rompe-se  o invólucro e aparece algo diferente – uma borboleta com asas coloridas! Era a mesma lagarta, transformada agora. Não se prende mais a terra, só procura as flores e vive na luz do sol.
É o símbolo da metamorfose da alma.
A finalidade pois, da transformação, é uma mudança radical, uma conversão total, que a alma sozinha nunca poderia ter feito.
Já se vê que essa fase é importante e que as almas adiantadas precisam saber disto para não voltarem atrás, para não desanimar. Assim purificada, a alma já começa a produzir flores e frutos que vão amadurecer.  Nos intervalos da purificação, a alma já percebe algo melhor: um amor mais profundo, uma pureza de intenção maior, já percebe que vai chegar a uma união  bem maior com Jesus.

COMENTARIO PESSOAL:
Esta Palestra de Frei Otavio Schneider foi a última que ele fez para o Retiro Espiritual Anual, que  acontecia sempre na primeira semana do mês de Dezembro, às Almas Pequenas  Consagradas e Simpatizantes, em 2001. Pois em 24 de abril de 2002 , Frei Otávio partiria para o seu encontro definitivo com o Pai , no Céu!  Foi uma espécie de Testamento Espiritual deixado para as Almas Pequenas.
Agradecemos a Deus pela vida de Frei Otavio  e pelo privilégio que tivemos de tê-lo como diretor-espiritual da “L.A.P.” Agradecemos também por ele nos ter  convidado a conhecer esta “MENSAGEM”, QUE TANTO BEM TEM FEITO HÁ MUITAS PESSOAS!  Quantas  almas se mantiveram fiéis a Igreja Católica e ao Papa, através das Palavras de Jesus nesta MENSAGEM!
Uma  Mensagem que levou e leva  muitas pessoas  de volta , definitivamente, para a Igreja;que  consegue levar as pessoas a permanecerem  fiéis a Cristo, na IGREJA Católica, apesar de tantos escândalos que têm sido mostrados na mídia; que leva as pessoas a saber separar o pecado do pecador,  odiar o pecado mas  amar o pecador, ser paciente  como Jesus, rezando e esperando o  arrependimento sincero  e a conversão ; uma Mensagem que consegue, apesar das perseguições que a Igreja atualmente tem enfrentado, por parte da mídia e  que nem assim tem feito homens e mulheres, de qualquer idade, desistido de se consagrarem a Deus, de viver uma vida na castidade por amor ao Reino de Cristo, isto é, por amor a Cristo e a Igreja que Ele mesmo fundou, há  2011 anos  atrás ;uma Mensagem que consegue realizar  o milagre da fé e da  fidelidade nas pessoas, que não vão  mais em busca de soluções a curto prazo, em outros lugares, quando o sofrimento é demais, insustentável,  e mais! – uma Mensagem que o Beato João Paulo II deu sua aprovação eclesiástica, era simpatizante dela, da própria Mensageira, de quem recebeu os 4 volumes ( pois  ela recebeu interlocuções interiores  de Jesus durante 40 anos, em Liege/Bélgica), e que ele próprio incentivava os grupos a continuar com o apostolado da” Legião das Almas Pequenas “e que essa Obra  é boa, é de Deus, ora , diante destes  fatos reais e não fantasiosos ,  como alguém ainda pode duvidar que esta Obra veio de Deus mesmo?  Quanta cegueira e coração frio,  orgulhoso, soberbo e endurecido!...Como pode dizer levianamente  que essa Obra é uma ilusão,  uma  fantasia de  pessoas fanáticas?!   É o mesmo que dizer que tanto um frei santo com Frei Otavio, que foi um homem e sacerdote inteligentíssimo, e que o Papa João Paulo II, que agora é Bem-Aventurado, são tolos , ingênuos ou no mínimo também fanáticos!
Deve-se pensar muito antes de falar, para não falar  asneiras ! Se um frei como” Frei Otavio Schneider”, não é santo, então quem é? Por acaso são estes, dentro e fora da Igreja, que o são? Já por falarem dessa forma grosseira, sem caridade, denotam soberba e talvez, quem sabe, até ciúmes velados, por não terem  conseguido ainda, alcançar a santidade que ele alcançou. Graças a Deus estas pessoas , fora e dentro da própria Igreja, são um número medíocre, que não  deram ainda o braço a torcer à santidade deste sacerdote e frei franciscano, que deve ter incomodado a alguns, com o seu comportamento impecável, íntegro,  e seu silêncio e discrição diante de certas atitudes não coerentes que deveria  ter sido testemunha, mas por caridade calou.” O PASSAPORTE PARA O CÉU  SERÁ UM BUQUÊ FEITO DE SILÊNCIOS” -  e assim foi Frei Otávio, como São José, um homem de silêncio e de oração !
Santo é ser humilde, em primeiro lugar, e essa virtude era própria deste sacerdote de Deus, que deu tantas alegrias e glorias a Deus com o seu exemplo – era um homem que fugia dos aplausos, das bajulações, do prestigio e evitava falar demais de si mesmo, fazer propaganda de si próprio!  Nem precisava, as pessoas que o conheceram sabiam das  inúmeras obras de misericórdia que ele fazia  sem fazer alarde – era muito discreto e modesto !   Um sacerdote  que não fazia distinção de pessoas, estava sempre disposto a  arranjar um tempinho para  ouvir  e dar seus sábios e divinos conselhos , com sua voz mansa , serena-era como a voz do Pai do Céu - quanta paz, tranquilidade e segurança transmitia as pessoas que o procuravam com o coração na mão, sufocadas pelas angústias da vida, na maioria das vezes pessoas  que não tinham ninguém para ouvi-las  desabafar seus problemas e compartilhar suas  dores . Seria uma injustiça também não dizer de” Frei Otavio Schneider”:                       SANTO  SUBITO !  
Frei  Otavio e  Margarida de Liege, roguem por nós, lá do Céu,  não só pelas Almas Pequenas do Brasil e do mundo, mas por todos aqueles que mais precisam da Misericórdia de Deus , especialmente aqueles corações insensíveis e duros, dentro e fora da Igreja, que ainda não crêem  na “MENSAGEM” – como  Obra Divina, que não conseguem enxergar Nela o Espirito de Deus , que não conseguem enxergar Nela  mais um ato da Bondade e da Misericórdia de Deus pela humanidade que Ele deseja salvar! Que assim seja. AMÉM.”

ULTIMA PALESTRA DE FREI OTAVIO SCHNEIDER- MARÇO DE 2002

ULTIMA PALESTRA DE FREI OTAVIO:
TEMA: “PROCURAI AS COISAS DO ALTO”

“Tudo mudou com a Páscoa. A ressurreição de CRISTO é um fato tão singular, tão grandioso, que mudou todas as coisas. O mundo condenado pelo pecado, ficou redimido. As trevas se mudaram em luz, a tristeza em alegria. Tudo ficou novo. A criação não é mais a mesma. O homem tem diante de si um futuro glorioso. O céu se lhe abriu. Somos convidados a olhar para o alto, procurar as coisas do alto, como diz o apóstolo. Mudança interior na vida dos discípulos. A fé vacilante, as dúvidas se mudaram em certeza. A atitude de Tomé tem que ceder a evidencia  dos fatos. Jesus o convida  a tocar Suas chagas, para lhe tirar a dúvida. E ele se rendeu a graça. Assim também para nós a Ressurreição tira todas as dúvidas. A novidade da Páscoa se manifesta, pois, antes de tudo, no interior da pessoa. Pela graça da Redenção nós nos tornamos homens novos. Ficamos participantes da natureza divina, isto é, Filhos de Deus por adoção. O homem velho marcado pelo pecado, deve morrer, para dar lugar  a essa  vida nova.  O pecado original nos tinha afastado de Deus e os pecados agravaram a situação. A Páscoa nos trouxe a libertação de toda essa miséria. Uma grande herança nos espera. No batismo, recebemos a natureza divina, aí nasceu o homem novo. Devemos realizar na vida prática, essa vida nova. Sabemos que aí está a dificuldade. O homem velho em nós não quer ceder facilmente o seu lugar. Pois a vida nova deve atingir todo o nosso ser. É um processo lento, doloroso. Nós, Almas Pequenas, devemos deixar Jesus trabalhar em nós. Ele nos diz: “Deixai-me entrar. Eu agirei por vós. Eu amarei por vós.” O contraste entre o homem velho e o homem novo é grande.  Se o homem novo busca as coisas do alto, o homem velho busca as coisas da terra. A imagem do homem novo que Jesus libertou é bem diferente. A vitória de Cristo entrou no seu coração, derrubando as estruturas velhas, as idéias antigas. Recebeu um coração novo. O dinheiro, os prazeres, as riquezas já não o atraem. Passa de lado como se fosse lixo.  Santa Catarina de Sena conta que Jesus  lhe trocou misticamente o coração, tirando-lhe o coração antigo. Ficou três  dias como morta. Quando Jesus reapareceu com um coração novo na mão, que colocou no lugar do antigo, ela reviveu e exclamou: “Não sou mais a mesma!”  A Alma Pequena pode dizer que se deixou transformar. Só que na realidade para nós essa troca não durará só três dias, mas, três anos ou 30 anos ,ou mais! Porque na vida espiritual há um processo de crescimento, de purificação e de santificação.  A vitória pascal de Cristo se realiza na sua totalidade ao longo de nossa vida. Nossa parte é colaborar, é aceitar a graça oferecida. Então tudo se torna luminoso na alma que assim se purificou. O amor de Jesus triunfando em nós faz maravilhas. Diz a MENSAGEM: “Os desejos mais altos não são nada ao lado daquilo que o amor pode realizar, quando reina a plenitude numa alma.”(8.2.80).
Pela leitura da MENSAGEM, nós nos abrimos aos influxos da graça. Jesus diz que vai tocar os corações dos que lerem com fé e humildade. A força da vitória pascal é tão grande que pode fazer-nos santos a todos! Peçamos a Jesus que entre em nossos corações, iluminando-nos e preparando-nos para a Páscoa Eterna, que não tem fim.”



                            

TEMA: FINADOS








MES DE NOVEMBRO
TEMA: 
“A TERRA PROMETIDA”

Neste mês lembramos o fim da vida. O Dia de Finados lembra nossos entes queridos que ainda estão se purificando , e o dia de Todos os Santos nos lembraba meta final à qual todos somos chamados. É a Terra Prometida para os justos. É o céu que espera a todos nós.
Estamos em caminho – somos convidados a refletir sobre nosso destino final. A Terra aqui não nos satisfaz os nossos desejos. Temos, pois,  uma meta a alcançar. Aonde devemos chegar. Olhando só este mundo com seus bens passageiros, o coração se entristece pensando: até quando terei isso? A qui na Terra tudo se  desfaz com o tempo. As alegrias contêm lágrimas. “Tudo é vaidade a não ser amar e servir a Deus  “.  Jesus promete a terra onde corre leite e mel. Nosso coração não nos ilude quando aspira a felicidade plena. E será saciado por Aquele que colocou em nosso coração essa ansiedade . Santo Agostinho diz:  “o nosso coração está inquieto enquanto não repousa em Deus”.  A Terra Prometida é, pois, Feliz Realidade para os que seguem Jesus.
Para as Almas Pequenas a Santidade é a meta que na” MENSAGEM”, se propõe. Jesus diz: “Pede a santidade e Eu  serei feliz em  cumular-te dos meus dons”. Mas como é essa Terra Prometida? Queremos aprofundar nosso conhecimento, enquanto possível. De antemão, devemos confessar que para nós é difícil falar daquilo que apenas ouvimos falar. Mas, contudo, a luz da fé, podemos fazer algumas reflexões, que nos ajudem de alguma maneira a saber, que é o Céu. Sobre isso Santo Agostinho diz: “Lá, descansaremos, lá louvaremos, lá amaremos”.
1º Lá descansaremos: Quando se está cansado, atordoado, a gente quer repousar. Como nos faz bem, depois de um dia atarefado. As preocupações se foram, o repouso, o sono, compensam as fadigas.
2º Lá louvaremos: O cansaço deu lugar a uma alegria. O descanso no Céu não é inércia. É o sentimento pleno de paz, de alegria que se exterioriza em canto de louvor e de agradecimento. Mas é um júbilo silencioso, do intimo do nosso ser – que não incomoda os outros. Faz parte de nossa felicidade, manifesta nossa gratidão a Jesus, que nos cumulou de tantos dons. É o Santo,Santo, Santo que cantaremos sem cessar!
3º Lá amaremos: É a atividade principal, pois o Céu é a pátria do Amor! Foi o amor que nos levou para ao Céu e que nunca acabará. Fé e Esperança acabarão,mas a Caridade, o Amor, jamais passarão. Isso que no fundo do coração humano sempre desejou: um amor sem limites que deixa a alma plenamente satisfeita. Pois A quele que amaremos é o objeto mais digno e mais sublime de amor. No Céu  a alma plenamente feliz dirá: “Achei Aquele que ama minha alma, e não O deixarei mais”. Santo Agostinho termina dizendo:”Isso será no fim, quando já não haverá mais fim”. O Amor, é pois, a meta última, mas é uma meta que sempre mais se alarga. Essa felicidade não terá fim. O A mor de Deus é uma fonte inesgotável, seremos inundados da abundancia de Sua Casa!
A Festa de Todos os Santos nos convida a procurar firmemente a santidade que nos levará à Terra Prometida. Para tanto, contamos com a ajuda dos Santos, de Nossa Senhora e do próprio Jesus que é o Autor da Santidade.
Ele, Jesus, diz na “MENSAGEM”: “Quereis... que Eu faça santos de vós? Então deixai-Me agir, no segredo de vossos corações”. (4.11.93).

 



 






Temos pois, na “MENSAGEM”, uma ótima orientação à santidade. POIS É A MENSAGEM DO AMOR E O AMOR É A ESSENCIA DA SANTIDADE.”







TEMA: PENTECOSTES

TEMA DA PALESTRA:
PENTECOSTES
“VINDE ESPIRITO SANTO”
“A Festa de Pentecostes, a Festa do Espirito Santo, nos lembra a importância  que a Terceira Pessoa da Santissima Trindade ocupa na história da Igreja e também na vida pessoal de cada cristão. Sem Ele não há Igreja; sem Ele não há Vida Divina em nós. Onde Ele entra , entra o Espirito de santidade. Aí começa a vida da graça que tende sempre a maior perfeição. Ele quer nos levar a maior perfeição. “Vós não sabeis de que Espirito sois.” – disse Jesus em certa ocasião. É que em nós há uma luta entre  o bom espirito e o mau espirito. Nem sempre se sabe se uma pessoa é guiada pelo bom espirito, isto é, pelo Espirito Santo ou pelo espirito mau, p.ex., pelo orgulho, vaidade, egoísmo, motivos naturais. Daí se impõe o pedido da vinda do Espirito Santo, que nos livrará dos falsos  espíritos da mentira, do orgulho, da ganancia, etc:...
Jesus prometeu a seus amigos este Dom do Alto, pois sabia muito bem que sem este auxilio, nós seríamos incapazes de praticar o bem e de ficar na verdade. A promessa de Jesus vale para sempre e para cada pessoa! Na  MENSAGEM,  Jesus promete ás almas pequenas mandar Seu Espirito. “Quem ler a MENSAGEM com fé e humildade,Eu vou tocar o coração dele.” Isto é, o Espirito Santo nos iluminará. O Espirito Santo é o Espirito de Jesus. Assim Jesus vem à nós pelo Seu Espirito. Então o Espirito bom , tomará conta de nós. Pois Jesus só pode fazer o bem. Seremos , então, introduzidos no Espirito de filiação. Compreenderemos o grande valor da adoção divina, que nos leva a filial obediência e respeito com o Pai do Céu. Esse mesmo Espirito Santo, nos comunicará os sentimentos de Jesus. Nos mostrará o valor da humildade e da pequenez. Compreenderemos porque os pequenos agradam a Deus, pois o orgulhoso vive na mentira e assim não pode dar a devida honra a Deus, como Ele merece! O Espirito Santo nos ensina o segredo da” infância espiritual “. Chega-se assim, facilmente ao Espirito de abandono – que deve reinar em nós. O Espirito Santo nos ensinará, com total abandono, e confiança a rezar o “Pai Nosso”.  Quem não confia em si, deve confiar em outro, só que este outro, para nós é Pai de Misericórdia e de Amor. Toda a nossa seguraça e alegria vem desta fé e desta confiança no Amor Misericordioso de Jesus! Toda a finalidade da MENSAGEM é abrir os olhos dos homens para esta realidade. O Espirito Santo é também o Espirito do Pai, pois em Deus tudo é comum. A SS.Trindade é um mistério de comunhão e participação. Jesus nos mandou da parte do Pai, o Espirito de comunhão e de fraternidade. Somos a família de Deus, onde deve reinar o “Bom Espirito”, o Espirito do Pai – que é o Espirito Santo.
O amor não conhece barreiras – derruba todos os obstáculos, queima tudo que se lhe põe. Por isso o Espirito Santo é: amor,fraternidade,compreensão, ajuda mútua e perdão! Faz parte integrante do caminho das almas pequenas. Os primeiros cristãos eram um só coração e uma só alma. Isto é um efeito evidente do Espirito Santo. Essa atitude fraterna deve reviver em toda parte, principalmente nas pequenas ilhas de santidade, que são os grupos da Legião das Almas Pequenas.
Na MENSAGEM, ouvimos o convite de”cantarmos o Aleluia do Amor Divino” – que está chegando, e vai tomar conta do mundo inteiro, do novo mundo que Jesus nos prepara. É pois importante que o Espirito do Amor, que vem do Pai e do Filho , penetre sempre mais em nossos corações, expulsando dele o pecado e todo vestígio de desamor, de fechamento e de divisão.
O novo Pentecostes, que o Santo Padre não se cansa de avisar, está para chegar, graças também à colaboração das Almas Pequenas!”


COMENTÁRIO PESSOAL:
“Nossa Senhora, sob o titulo de Nossa Senhora de Todos os Povos, e que apareceu a Ida Peerdeman, de 1945 a 1959, em Amsterdam, entregou a  vidente a oração que vai  aqui escrita para pedir a vinda do Espirito Santo sobre a Terra. Nossa Senhora diz: “Esta oração é dada para a conversão do mundo. Rezai esta oração em tudo o que fazeis. Vós não sabeis o quanto esta oração é importante e poderosa diante de Deus. Seja quem ou o que sois, vinde à Senhora de Todos os Povos!”  Sugestão pessoal:  Por que não rezar esta oração não só durante a novena de Pentecostes, mas diariamente, como uma jaculatória? As palavras que esta oração contém , como são tão atuais... Como o nosso Brasil e o mundo necessitam  mais do que nunca, que um maior número possível de pessoas, de boa vontade, rezem esta bela e celestial oração:
“Senhor Jesus Cristo, Filho do Pai, enviai agora a terra o Vosso Espirito. Fazei que o Espirito Santo habite nos corações de todos os povos, para que sejam preservados da corrupção, das calamidades e da guerra. Que a Senhora de Todos os Povos, a Santissima  Virgem Maria, seja  a nossa Advogada. A mém “
E outra maravilhosa jaculatória, ao Espirito Santo, especialmente  para aquelas pessoas que sentem depressão e solidão, mesmo cercadas de pessoas, mas que não se sentem compreendidas ou amadas:
“ Espirito Santo, dai ao meu coração impulsos de alegria e paz ao saber que não estou só na vida, porque Deus é grande e é Meu Pai!”











Vinde Espirito Santo e derramai sobre nós os Teus sete dons e os  doze frutos  do Espirito Santo, para que o Reino de Deus  se instale no coração de toda a humanidade  e todos, sem excessão,  possam viver  em paz e na santa alegria. Que assim seja. Amém.

PALESTRA: SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS


Mês  de Junho – Sagrado Coração de Jesus:
TEMA:  “AS QUEIXAS DO SAGRADO CORAÇÃO”

“ O mês de junho nos convida a aprofundar o porque da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, aí devemos nos referir às origens desta devoção.
“Eis o coração que tanto amou os homens, recebendo em troca, por muitos, esquecimento, frieza e ingratidão; também por parte daqueles que se dizem meus amigos”.
Essas queixas motivaram a nova devoção ao Sagrado Coração, e Santa Margarida Maria foi escolhida para levar aos homens este apelo de Jesus lembrando-lhes o imenso amor de que são objetos.
Uma das queixas refere-se ao esquecimento. Os homens esquecem facilmente o sentido último de sua vida-foram criados  por amor e para o amor. Nossa vida toda devia estar impregnada deste amor, e os homens esquecem tantas vezes. Para evitar esta falta, nada melhor do que lembrar-nos de quanto Jesus sofreu por nós. As Suas chagas, principalmente a do Seu Coração, são prova certa desse amor!
Esta chaga, Jesus quis mantê-la para sempre aberta para que todos pudessem entrar por esta porta no santuário do Seu Amor. Ele quis que fizessem uma imagem do Seu  coração aberto para que, vendo com nossos olhos, compreendêssemos melhor o significado desta chaga.
Além do esquecimento, é a frieza de que Jesus se queixa. Esquecendo os benefícios recebidos, nosso coração torna-se frio em relação a Deus e as coisas de Deus. Faltando o calor, a fé torna-se fria. As práticas religiosas são feitas maquinalmente, sem entusiasmo. Assim a religião torna-se um peso, os mandamentos são observados mais  por temor do que por amor. Deus é visto mais como um senhor que manda, do que um pai que nos ama.
Ao falar em frieza, tamém falemos de tibieza, relaxamento voluntário. A alma não reage a este estado, acostuma-se a uma vida medíocre. Há um estado de provação para as almas fervorosas, em que, as vezes, não sentem o grande fervor antigo. Essas almas que se tornam tíbias ficam impedidas de caminhar para a perfeição. Essa tibieza só pode ser afastada pela lembrança do amor de Jesus. É O REMÉDIO INDICADO!
A última queixa de Jesus é a ingratidão. É CONSEQUENCIA LÓGICA TAMBÉM DO ESQUECIMENTO E DA FRIEZA. Esses males costumam costumam estar juntos, pois não são só dos inimigos de Jesus, mas também pessoas de fé e até devotas, de certo modo, podem ser vitimas dessas doenças da alma. Nem todas são totalmente frias, há almas mornas de que o Evangelho fala: “Oxalá fosses quentes ou frias, já que és morna, vou começar a vomitar-te da minha boca.” As almas assim mornas  costumam também ser ingratas.

O Coração de Jesus , para nós, Almas Pequenas, tem um significado todo especial: por isso é importante que seja aprofundado este tema. Quem fala em coração,fala em amor, e Jesus, oferecendo-nos o Seu Coração nos dá o seu AMOR!. A  consagração ao Coração de Jesus é , portanto, uma entrega incondicional ao Amor de Deus. Nós fomos criados por Deus e a nossa finalidade como filhos de Deus é fazer da nossa vida uma retribuição de amor a Deus!
Quem não ama leva uma vida feia , insipida. O segredo, portanto, de todo apostolado, de toda perfeição, de todo progresso espiritual, é o AMOR. Deus não nos julgará pelas obras que fizemos propriamente, mas sim, pelo amor com que as praticamos. A tragédia do homem é que ele não compreende bem a sua vocação e dirige seu amor para bens inferiores, que lisonjeiam os sentidos. Deus não pode tolerar ser colocado abaixo de bens passageiros, caducos, e, por isso,, o homem, pode ser levado à desgraça eterna. Portanto, o Coração de Jesus vem nos ensinar o caminho do verdadeiro AMOR. Jesus quer de nós um amor de vontade, sincero, mesmo no sofrimento, e não um amor sentimental que depende das nossas emoções. Que o Saagrado Coração de Jesus, em sua festa, afervore nossos corações’.

COMENTÁRIO PESSOAL:
“Neste mês de junho que são comemoradas datas de Santo Antonio – santo casamenteiro  e o Dia dos Namorados, vem a mente um trecho de uma homilia de Padre Fernando Cardoso da Rede Vida, no qual ele diz:  ...”No entanto, quando não se trata da escolha do mal, quando se trata de uma boa escolha, é bem mais difícil saber se DEUS nos quer conceder aquela obra, se Deus deseja que a realizemos ou não. Tomemos um exemplo simples. Um jovem ou uma jovem, num determinado momento de sua vida, pensa em casamento e busca com quem se casar. Se ele ou ela , porém,  for pessoa de fé e familiarizada com a Palavra de Deus perguntará a Ele se deseja que se case, que realmente se case com a pessoa por ele ou por ela escolhida ou se dele ou dela  deseja outra coisa. Se nos familiarizássemos com esse procedimento, quantos males, retardamentos ou desastres seriam evitados! Se perguntássemos constantemente a Deus se deseja que realizemos o que nos parece um bem ou, ao contrário, se quer nos apontar outra direção, como teríamos crescido muito mais na vida em Cristo! Essa é uma orientação que sugeriria a cada um antes de tomar suas decisões”.
A sociedade cobra muito, principalmente das mulheres, o casamento como atestado de realização e de felicidade, mas a própria realidade tem contestado esta tese , que querem nos impor a qualquer preço, até ao preço da perda da dignidade da mulher. Na maioria das vezes, como  constatamos, é só ter olhos para ver, o casamento, quando não se tem vocação para tal, acaba por revelar mais cedo ou mais tarde certos estados psicóticos e piorá-los, tornando o casal infeliz, e pior, se tiverem filhos, passar valores contrários aos mandamentos de DEUS e se tornarem adultos agressivos, problemáticos e... doentes psíquicos até, apelando para as drogas, sexo desenfreado, torturar  uma pessoa até a morte, práticas sexuais imorais, inclusive dentro do lar, como estamos cansados de ver na mídia!  É O PRÓPRIO  JESUS QUEM  DIZ ESTAS PALAVRAS NA “MENSAGEM” – 1º VOLUME -  “SÓ EU POSSO DAR-LHES A PAZ  E A ALEGRIA; A FELICIDADE NA TERRA É CRER NO MEU AMOR; SÓ EU DOU A VERDADEIRA FELICIDADE!”



E termino este meu comentário com um belíssimo pensamento de São Joao da Cruz  e de Santa Teresa de Avila, desbancando a tese do mundo hedonista , freudiano que vivemos e cada vez mais infeliz,  estes grandes santos e místicos, provando que é possível ser feliz e realizado sem a obrigação  de se ter um namorado/namorada ou esposa/esposo , pois o essencial nesta vida é amar a Jesus Cristo, nosso Salvador e que nos ama  tanto na saúde quanto na doença; tanto quando somos jovens e não mais tão jovens; belos  ou  menos belos ; nas alegrias da vida quanto nas dificuldades  e sofrimentos,  inevitáveis, que a vida reserva a todos, sejam crentes ou ateus:
“Nada te perturbe, nada te amedronte, tudo passa. A paciência tudo alcança. A quem tem Deus nada falta,SÓ DEUS BASTA!”    ( Santa Teresa de Avila).

“ Toma a Deus por ESPOSO E AMIGO, com quem andes constantemente e não pecarás e saberás amar, e as coisas necessárias para a tua santificação e salvação, sucederão prosperamente para ti.”   ( São João da Cruz ).
                 


PALESTRA: NOSSA SENHORA

PALESTRA  DE FREI OTAVIO SCHNEIDER (OFM)
TEMA:  NOSSA SENHORA
“ No  DIARIO DE MARGARIDA, JESUS diz: “ A Minha Santa Mãe está entre Mim e os homens. Ama-a e reza-lhe com toda a tua alma, pois Ela é a tua Mãe e ama-te com amor de predileção...” (29.5.66).
Estas palavras de Jesus também são para nós, almas pequenas.  Maria também nos ama  de modo particular ; e também a todos os Seus filhos até aqueles que nunca ouviram falar Dela, com amor de predileção!  Quanta consolação estas palavras nos trazem...
Diante deste quadro por vezes tão desolador em que a humanidade se encontra, Deus não deixa de mandar suas consolações divinas. Jesus nos deixou Maria, como nossa MÃE,  e que Mãe! Para nos consolar neste vale de lágrimas intercedendo por nós diante de Deus – Maria é, realmente, a única mulher poderosa que já passou por esta Terra, pois viveu só para fazer a vontade de Deus. Ela foi a primeira discípula de Jesus e Ela nos ensina como agradar a Deus, como nossa vida deve ser  vivida para dar glórias a Deus, fazê-Lo se sentir feliz conosco!
Sua intercessão é poderosa diante de Deus!  Ela e só Ela tem grande poder sobre o coração de Deus! Pois mesmo não compreendendo totalmente os designios de Deus, aceitou  com amor e por amor , não só as alegrias mas também todos os sofrimentos que Deus permitiu em sua vida. Alguém ainda duvida que Maria foi a mãe que mais sofreu sobre a Terra? Ela é o modelo para as mães que perdem seus filhos, sejam para  uma vida desvairada  ou para a violência do mundo ou para alguma fatalidade da vida. Enfim, só Maria compreende a fundo a dor de um coração ferido, sofrido de uma mãe!  “Fazei tudo o que Ele vos disser”. Maria a única mulher que passou por esta Terra: pura , santa e imaculada e só assim sendo, pois Ela nasceu sem o pecado original, poderia ter sido a eleita, a escolhida de Deus para gerar o Filho de Deus!
Não adoramos Nossa Senhora, como certas denominações religiosas  teimam em dizer a respeito de nós católicos ;nós sim, A veneramos, pois como amar Jesus e não amar a Sua Mãe? E, por incrível que possa parecer, existem alguns  católicos que dizem não necessitar da intercessão de Nossa Senhora para alcançar alguma graça de Deus e não nutrem  amor por Ela. É lamentável tudo isto. 
Como não amar Aquela que só viveu para amar e servir a Jesus? Como não amar Aquela que através de seu FIAT a Deus , permitiu que o Filho de Deus, em seu ventre,  fosse gerado? Ela que tinha planos, como qualquer jovem de sua época, abriu mão deles, por amor e obediência a Deus! Como não amar ,admirar e venerar, esta grande mulher?  Como não tê-La como modelo a seguir? Ela é o nosso modelo de autentica e verdadeira discípula de Cristo! Ela também, em especial, é e deve ser o modelo para as mulheres de nosso tempo. E não mulheres  que jogam a sua vida fora, numa vida fútil e leviana, pensando  ser livres , na verdade são escravas  de suas vaidades ! Só é verdadeiramente  livre a mulher e o homem escravos de  Deus e não dos prazeres sensuais  e dos bens materiais!  Rezemos pelos nossos irmãos que não amam Nossa Senhora, para que se aprofundem verdadeiramente nas Sagradas Escrituras e finalmente dêem a Ela o amor que Ela merece de todos os Seus filhos! Quem já leu o livrinho Vocabulário das Almas Pequeninas, de Padre Afonso Rodrigues, onde Jesus fala de Maria,com o titulo – Rainha Mãe – não fica indiferente . É o próprio Jesus Quem assim fala a respeito de Nossa Senhora... Como então não amá-La?
Como afirmar que ama muito a Jesus  e ao mesmo tempo dizer que não ama  Maria – a Mãe de Deus?

 Ave, cheia de graça! O Senhor é contigo!  - saudação do arcanjo São Gabriel  ao aparecer a Maria, quando em oração contemplativa.  Ora , se o próprio Deus, Senhor Todo Poderoso, Senhor do Céu e da Terra, nosso Pai do Céu,  é por Maria e está com Maria, como podemos  estar contra Ela, não amá-La?















Como tarefa de casa para este mês, leiamos e meditemos o capitulo RAINHA MÃE , do livro Vocabulário das Almas Pequeninas.